terça-feira, 29 de dezembro de 2009

"Atenção senhores passageiros... Preparar para a aterrissagem..."

E então ele acorda. Vai chegar a sua cidade natal (para o Natal), engordar com a comida da mãe e da avó, vai rever sua bela família, que dirá que ele está bem, bonito e forte. A família que lhe dizia belas palavras de incentivo das quais ele não lembrava. Apenas sua intuição dizia que daquelas pessoas tão bonitas, só poderiam mesmo vir palavras bonitas.
Ele é um novo homem. De sapatos novos e corte de cabelo novo, inclusive.
Olhando pela janela do táxi, ele vai dizer que o caminho mudou bastante, que tem menos árvores e, olha só!, aquele prédio não estava ali antes, hein...
Na frente da casa dos pais, notará uma cor nova na cerca, com um namorado à espera de sua irmã, que estará um pouco mais alta, mas não menos pentelha.
Perceberá ciúmes naturais de “cunhado” (como o rapaz insiste em chamá-lo sob seu olhar de protesto simpático, mas ainda protesto).
Notará rugas a mais, cabelos a menos e um cansaço que parece não vir de dias fatigantes, mas sim, de uma vida inteira dedicada a ele.
Verá mobília nova. Sentirá cheiro de desinfetante. Entrará no quarto intacto. Ouvirá seu também intacto rock’n roll. Pensará diante de seus discos que Paul sempre fora o seu preferido, no fundo, no fundo...
E entre tantas descobertas, ele se perguntará: “Onde estive durante tanto tempo?”
Em resposta, ouvirá o alarme de emergência de seu eterno piloto automático.

Este conto foi escrito para todos aqueles que não conseguem lembrar pelo menos UM acontecimento importante para si em cada mês deste ano.
Baseado nisso, meus desejos para 2010 são pelo menos 12 emoções memoráveis para todos... Também achei razoável, afinal, de emoções mornas, o ano tá cheio...
Boas festas.

4 comentários:

Gabriele disse...

é, me identifiquei. não fui pra casa no natal, não engordei, mas tenho sim pelo menos uma lembrança boa de cada mês do ano q terminou. e posso dizer, ele foi memorável. na, feliz 2010 e pelo menos 24 momentos memoráveis. só pra começar. saudades beeijos

HelianaBastos disse...

me identifiquei.
vim passar natal na minha cidade natal, reencontrei mta gente, conheci mtos parentes...hehehehe
me lembro bem do ano passado, bastante emocoes at.e

beijaaao..q vc tenha um 2010 hiiiper maravilhoso.

Luiz Felipe Leal disse...

suas palavras, sim, não morreram.

feliz ano novo!

Lulih Rojanski disse...

Puxa vida... que vazio que me dá quando venho aqui e nada...