terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Nora e Samuel (ou “Everylasting Love”)

“Open up your eyes, then you'll realize.
Here i stand with my everlasting love
Need you by my side.
Girl to be my pride.
Never be denied everlasting love.”

NOTA DE ESCLARECIMENTO: Tenho o péssimo hábito de não olhar o que o blogger fez nos textos depois de postá-los aqui. Uma espécie de negligência que antes até achava charmosa, mas agora comprometeu um dos textos. Este, que é tão importante, acabou sendo vítima da minha distração e da minha total inabilidade com atalhos do Office. Postei apenas o final do texto... Mil perdões, pessoal. Segue o texto na íntegra.
Antes do vinho barato ou da ceveja quente. Antes das malas arrumadas. Antes de ver o pôr-do-sol. Antes de criar um gato. Antes do buraco na alma.
Antes que a floricultura feche, da última sessão do cinema, que a bateria acabe.
Antes que seja tarde, que todos os que existem por aí no mundo se deem conta de seus amores perpétuos.
Abram seus olhos...
E poupem os ouvidos de seus amigos...

11 comentários:

HelianaBastos disse...

ahhhh não entendi o papo de Nora( e suas trilha sonoras pra todas as horas...) mas amei a escolha das músicas,e ameeei o texto sobre superficialidade!( e bala SOFT,é aqla colorida,a mais gostosa do mercado nÉ?)
bjoo
muitaaa saudade ;/

Sir Van de Toulon disse...

ADOREI o casal! Está "padrísimo"!
Parabéns, e obrigado pelas visitas! =)

carmim disse...

tem um meme procê!

Luiz Felipe Leal disse...

eu vou tentar poupá-los, mas aí o que mais falo?

um abraço verde.

Thais Correia disse...

está aí uma desculpa melhor para os cantantes e futuros banguelos

Ingreti Santos disse...

eu sempre confiro se ficou certinho e quase sempre ta errado. =x
a troca de experiência com outras culturas q fez as 36 horas de viagem valer a pena mesmo.
E, com certeza, voltarei aqui sempre que puder.

Mariana disse...

Olá, achei um amor seu blog!
Eu estava pesquisando sobre dublagem aqui pela internet, e achei um comentario seu num outro blog. E você dizia que faria seu TCC sobre dublagem. Pois é, eu também pretendo fazer isso.
Gostaria de lhe pedir uma ajuda, afinal é meio dificil material sobre isso. Que livros você leu, quais artigos?
No que você puder me ajudar, agradeço muito.
Meu e-mail: marypohl@gmail.com

Obrigada, Mariana

Luiz Felipe Leal disse...

nai, eu ouço que "every destruction is a way to construction". acredito nisso.

o futuro nos abraça.
saudades.

até mais.

Lulih Rojanski disse...

Naiara, é superficial dizer que sua sensibilidade é impar? Tomara que seja, dessa superficialidade simplista e doce que a gente gosta. Um beijo. Saudade de novo texto.

carmim disse...

minha filha, cadê você?

Lulih Rojanski disse...

Hey, Baby, qual é? ...