segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Carta à Preguiça

Prezada colega,

Escrevo informalmente para dizer que seus serviços de tantos anos serão recompensados. Mas infelizmente, não será possível mantê-la durante muito tempo nesta empresa. Entenda: o horário de almoço diminuiu, estamos numa época de grande demanda de clientes e a área de atuação vai ter que diminuir... Quem sabe se você se encaixar em outros setores, como o de informática? Ou de produção artística? Ou de repente em um setor em que as ordens venham de cima e as decisões sejam tomadas por alguém mais influente? Quem sabe você se encaixa aos poucos... como quem não quer nada... apenas se entrosando com o pessoal... Quer um conselho? Não chegue dando ordens, invadindo os espaços ou ditando o ritmo de trabalho. As pessoas se sentem intimidadas com muita influência. E você sabe que tem um potencial, não é, garota?
Acontece que se você chegar botando banca e mandando em tudo, podem te confundir com a temida folga... Sabe como é: funcionário preguiçoso, atura-se até certo ponto... Mas um funcionário folgado... iiiih... É inaceitável.
É preciso que você deixe de lado os setores ligados à administração e à criação de qualquer coisa! Fontes seguras confirmam que sua influência não é muito bem vista nestes lugares...

Ok, ok... Acho que você já percebeu. Preciso ser mais direta, estou enrolando: não faça planos financeiros para 2009... A verdade é que a qualquer hora podem te dispensar...
Não crie laços nesta firma: trabalho é trabalho. A Criatividade, com aquele nariz empinado, e o Dinamismo (você sabe como ele é competitivo, o desgraçado!) estão só esperando você dar qualquer deslize! Fique atenta, eles são muito falsos. Lembra da aula de marketing que tu procrastinou? Pois bem, lá falava que o mercado ia te engolir!
Mas calma... não se desespere. Sempre haverá um espaço pra você. Aquela hora do almoço demorada... aquela conversa jogada fora na copa, no cafezinho... As pesquisas inúteis na internet...
O que me deixa aflita é saber que nem no clube do Nadismo você é bem-vinda... Ter preguiça é fazer algo, entende?
Nada contra, você sabe que eu sou tua simpatizante, moça... Mas ordens são ordens... Sabe como é.

É pra você passar no RH depois do expediente.

Sabe, você poderia tentar algo no funcionalismo público... Ou quem sabe tentasse estudar de novo...........................


(...continua indefinidamente... Pois dela, a gente não se livra nem com abaixo-assinado)

7 comentários:

Laura Cohen disse...

To precisando escrever uma dessas!
xo preguica que o vestibular eh em onze dias!
beijoos

.::(( jOhn ))::. disse...

kkkk...muito bOa!
vc como smpre, mudando seu jeito de escrever...e smpre pra mlhor!!
cara, tu é F#@#*!

rsrs...

AbraçãO.

Erica Cristiane disse...

heiuaheiua

Narradora disse...

Legal o texto...
Gostei muito do anterior também.
Bom acho q vou dar umas voltas pelo seu espaço. :D

Lara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lara disse...

Olha,como chefe mor da preguiça eu intervenho a seu favor!
Não tendo argumentos pois,estou com muita preguiça no momento que espero dure muito!

Assinado: Lara priguiçosamente Bitencourt

.
Hehehehehe,muito bom Naira - agridoce.
Beijinhos querida

Lara